Campo da ID de usuário cliente (CUID)

Visão geral: o campo ID de usuário cliente (CUID) é um identificador de usuário único definido pelos proprietários de aplicativos e sites. Use o CUID para fazer referência cruzada entre os seus dados internos e os dados de atribuição da AppsFlyer.

Como implementar o CUID

  • CUID é reportado por você para a AppsFlyer usando APIs ou SDKs da AppsFlyer.
  • A AppsFlyer preenche o campo CUID em relatórios de dados brutos conforme necessário.
  • Use o CUID para fazer referência cruzada entre os dados de atribuição da AppsFlyer e os seus outros dados usando o CUID como chave.
  • Exemplo: um usuário com dois dispositivos tem o mesmo CUID. Cada vez que esse usuário executa um evento em um dispositivo, o mesmo é gravado usando o CUID. Isso fornece uma visão completa do usuário em ambos os dispositivos.
  • O CUID é usado pelas soluções Audiences e Atribuição Baseada em Pessoas da AppsFlyer para maior precisão e direcionamento.

Design e privacidade do CUID

Considerações sobre a implementação do CUID

SDK móvel

  • Defina o CUID no SDK o mais rápido possível. Faça isso porque os eventos enviados antes disso não terão o CUID. O CUID não pode atualizar retroativamente eventos registrados sem um CUID. 
  • Para que o CUID faça parte dos dados de atribuição originais, defina o CUID antes de chamar a API do método startTracking.
  • Se você trabalha com parceiros de dados integrados, como Mixpanel ou Swrve, o CUID deve ser definido para que a integração funcione de forma eficaz.

Atrasar init do SDK para customerUserID

  • É possível atrasar a inicialização do SDK até que o CUID esteja definido.
  • Esse recurso garante que o SDK não comece a funcionar até que o CUID seja fornecido. Se essa API (Android, iOS) for usada, eventos in-app e outras chamadas de API SDK serão descartados até que o CUID seja fornecido.

Use essa API após considerar sua lógica de negócios e os seguintes prós e contras:

  • Prós:
    • Os dados de atribuição são sempre associados a um CUID.
    • Use o CUID para associar dados de atribuição a outros dados que você tem em seus sistemas. 
    • Isso permite uso e processamento mais sofisticados dos dados que você obtém da AppsFlyer.
  • Contras:
    • As ações e eventos que os usuários realizam, como compras e assinaturas, não são registrados na AppsFlyer até que o CUID seja definido. Isso pode levar a discrepâncias e aumentar a exposição a fraudes.

Atribuição baseada em pessoas

A Atribuição baseada em pessoas da AppsFlyer (PBA) oferece uma ampla perspectiva sobre o impacto das campanhas móveis e da web, assim como a capacidade de analisar seus esforços para mudar os usuários da web para seu aplicativo móvel e vice-versa.

Você deve definir o mesmo CUID em ambientes móveis e da web, para permitir insights e análises entre as plataformas. 

Este artigo foi útil?