Usando Firebase e Google Tag Manager com a AppsFlyer–Visão geral

Visão geral: envie eventos relatados pelo SDK do Firebase para a AppsFlyer usando o Google Tag Manager.

gtm.png

A integração da AppsFlyer com o Google Tag Manager (GTM) e o Firebase permite ao desenvolvedor enviar eventos in-app para o Firebase usando o Firebase SDK, e ter os eventos enviados para a AppsFlyer através do SDK usando o Google Tag Manager. Isto evita a necessidade de enviar o mesmo evento duas vezes.

Os eventos enviados usando GTM são modelados nos eventos in-app da AppsFlyer. O nome do evento, os parâmetros e a estrutura são os mesmos. Se você já tem GTM em seu aplicativo, usá-lo para enviar eventos para a AppsFlyer é simples.

Use as etapas e instruções deste guia para enviar eventos. 

Considerações

  • Fonte de eventos em dados brutos: os eventos gerados pela GTM têm a fonte definida para S2S em relatórios de dados brutos. Isto pode levar a alguma confusão, já que os eventos são relatados pelo SDK. 
  • Atualização do valor de conversão do SKAdNetwork: eventos gerados pelo GTM e reportados ao SDK conforme descrito neste guia fazem com que o SDK atualize o valor de conversão de forma similar aos eventos regulares do SDK. Você só precisa habilitar e configurar suas configurações de métrica do SKAdNetwork.

 Observação

  • Atualmente, a integração do Google Tag Manager não suporta o envio dos seguintes parâmetros para a AppsFlyer: Observe que:
    • Ao enviar postbacks de eventos no sistema SRN, o parâmetro att é necessário.
    • Ao enviar postbacks de eventos para o Facebook, os parâmetros att e os são necessários.

Pré-requisitos

Antes de começar a enviar eventos para a AppsFlyer usando GTM, você precisa implementar o GTM SDK em seu aplicativo. Você precisa:

  1. Ter uma conta GTM.

  2. Ter a configuração de integração GTM + Firebase para seu aplicativo (instruções para Android e iOS).

  3. Integrar o SDK da AppsFlyer se ainda não fez isso.

Depois de tudo feito, prossiga para a configuração do GTM.

Este artigo foi útil?