Data Locker—para profissionais de marketing

Visão geral: o Data Locker escreve seus dados de relatório no armazenamento em nuvem para que eles sejam carregados em seus sistemas de BI. Você pode selecionar entre diferentes destinos de armazenamento, de um bucket de propriedade da AppsFlyer no AWS, armazenamento de sua propriedade no AWS e GCS, e Snowflake. O Data Locker é compatível com destinos múltiplos. Isso significa que você pode enviar todos os dados para múltiplos destinos, segregar dados por destino, ou uma combinação de ambos.  Para cada destino, selecione o formato Parquet ou CSV. 

Data Locker

6133DataLockerForAdvertisers.png

Leitura relacionada:

No Data Locker, selecione seus aplicativos, fontes de mídia, eventos e relatórios a serem incluídos nos dados que a Appsflyer entrega para as suas opções selecionadas de armazenamento em nuvem. Em seguida, carregue dados programaticamente do armazenamento em seus sistemas. 

Bloqueio de dados—recursos

Recurso Descrição
Opções de armazenamento (nuvem)

O Data Locker pode enviar seus dados para qualquer um dos seguintes provedores de serviços na nuvem:

Você pode definir mais de um destino no Data Locker, ou seja, você pode enviar todos ou alguns de seus dados para destinos múltiplos.

Exemplos

  • Segregar os dados por tipo de relatório. Enviar dados brutos para GCS e dados agregados para Snowflake.
  • Segregar os dados por aplicativo e enviar os dados por grupo de aplicativos para diferentes repositórios. 
Multiaplicativos 

Envie dados de 1, mais ou todos os aplicativos na sua conta. Quando você adiciona aplicativos à conta, eles podem ser incluídos automaticamente. 

Janela de disponibilidade

14 dias

Segregação de dados

Opções de segregação de dados disponíveis

  • [Padrão] Unificado: dados de todos os aplicativos combinados. O campo ID do aplicativo em nível de linha é usado para identificar o aplicativo em arquivos de dados. 
  • Segregado por aplicativo: os dados de cada aplicativo estão em uma pasta separada. O nome da pasta consiste no ID do aplicativo. 
Opções de formato de dados
  • CSV
  • PARQUET
Atualização de dados

A atualização depende do tipo de relatório 

  • Por hora: dados gerados continuamente; por exemplo, instalações e dados de eventos in-app são transmitidos poucas horas após o evento chegar à AppsFlyer. 
  • Diário: relatórios como os de desinstalações são gerados diariamente e ficam prontos no dia seguinte. 
  • Versionado: se o mesmo relatório for gerado várias vezes para o mesmo período, um mecanismo de controle de versão estará em vigor. 
Big query e Google Data Studio

Se você gravar seus dados no armazenamento GCS, o Big Query poderá carregar diretamente seus arquivos do Data Locker sem nenhum processamento intermediário. Você pode usar outras ferramentas no Big Query, como o Google Data Studio, para visualizar seus dados. 

Relatórios disponíveis via Data Locker

Arquitetura de armazenamento de dados

Visão geral

A estrutura dos dados no armazenamento depende de se os dados são enviados para armazenamento em nuvem ou para um data warehouse. A estrutura de pastas descrita aqui se aplica ao armazenamento (repositórios). No caso do data warehouse (Snowflake), considere que a referência a pastas se aplica a visualizações. Veja Snowflake

Os dados são registrados na opção de armazenamento selecionada por você. No caso do armazenamento em nuvem, o armazenamento é de propriedade da AppsFlyer na AWS ou de sua propriedade na AWS ou no GCS. Você pode mudar as opções de armazenamento a qualquer momento ou enviar alguns ou todos os seus dados para múltiplas opções de armazenamento. 

Os dados no armazenamento são organizados em uma estrutura de pastas hierárquica, de acordo com o tipo de relatório, data e hora. A figura a seguir contém um exemplo dessa estrutura:

DLFolderOVerview.png

Os dados de um determinado relatório estão contidos nas pastas de hora (h) associadas a esse relatório:

  • O número de pastas de hora depende da atualização dos dados do relatório (por hora ou diariamente).
  • Os dados são fornecidos em arquivos compactados GZ com formato Parquet ou CSV.
  • Os arquivos de dados consistem de colunas (campos). 
  • A estrutura do esquema (campo) dos relatórios das jornadas dos usuários é idêntica e depende dos campos selecionados por você. Cada um dos outros relatórios tem seus próprios campos explícitos, também conhecidos como relatórios sem esquema. Consulte os relatórios de marketing do Data Locker para ver relatórios disponíveis e links para as especificações do relatório. 

Estrutura de pastas

Pasta Descrição 
ID da assinatura

DataLockerFolders.png

  • A pasta de nível superior no repositório depende do proprietário e do provedor do armazenamento. No geral, a pasta de nível superior é seu ID de Assinatura, mas em alguns casos, por exemplo, se você usar Cyberduck, o ID é definido no marcador de página e não é exibido na estrutura da pasta. 
  • A pasta data-locker-hourly contém os tópicos do relatório. As pastas acima desse nível dependem da propriedade do bucket e do provedor de serviços cloud.

Exemplos de estrutura de pastas com base no proprietário do bucket e no provedor cloud

  • Bucket da AppsFlyer: <af-ext-reports>/<unique_identifier>/<data-locker-hourly>
  • Seu repositório AWS: <af-datalocker-your bucket prefix>/<generated-home-folder><subscription-id>
  • Seu repositório GCS: <your bucket name>/<generated-home-folder>/<subscription-id>
Tópico (t) O tipo de relatório está relacionado ao assunto do relatório. 
Data (dt)

Essa é a data dos dados relacionados. No caso de dados brutos, significa a data em que o evento ocorreu. No caso de dados agregados, a data do próprio relatório. 

Hora (h ou versão)

As pastas de data são divididas em pastas por hora (h) ou versão, dependendo do tipo de relatório. 

Pastas por hora

As pastas h estão relacionadas ao horário em que os dados foram recebidos pela AppsFlyer. Por exemplo, eventos de instalação recebidos entre 14:00 e 15:00 UTC são gravados no arquivo h=14. Atenção! Há um atraso de cerca de 1 a 3 horas, entre o momento em que os dados chegam à AppsFlyer até que a pasta h seja registrada no Data Locker. Por exemplo, a pasta h=14 é escrita 1 hora depois às 15:00 UTC. 

Características da pasta por hora:

  • Existem 24 pastas h enumeradas de 0 a 23. Por exemplo, h=0, h=1 e assim por diante. 
  • Uma pasta tardia, h=late, contém eventos do dia anterior que chegam depois da meia-noite. Ou seja, eventos que chegam das 00:00 às 02:00 UTC do dia seguinte. Por exemplo, se um usuário instalar um aplicativo na segunda-feira às 08:00 UTC e o evento chegar na terça-feira às 01:00 UTC, o evento será gravado na pasta tardia de segunda-feira. 
  • Os dados que chegam depois das 02:00 UTC são transmitidos para a pasta da data e hora reais de chegada. 
  • Certifique-se de que os dados na pasta h=late sejam consumidos. Eles não estão contidos em nenhuma outra pasta. 
  • _temporary folder: em alguns casos, geramos uma pasta temporária dentro de uma pasta h. Desconsidere pastas e subpastas temporárias. Exemplo: /t=impressions/dt=2021-04-11/h=18/_temporary.
  • Observação:
    • Os relatórios de dados brutos com atualização diária de dados são armazenados na pasta h=23. O relatório de desinstalação geralmente está na pasta h=2, mas pode estar em qualquer pasta. 
    • Os relatórios de coorte e incrementalidade são armazenados diretamente na pasta dt. 
    • Os relatórios com controle de versão seguem uma convenção diferente descrita nesta seção. 

Considerações sobre o relatório por hora para aplicativos que não usam o horário UTC.

Para garantir que você obtenha todos os dados de um determinado dia do calendário, você deve consumir as pastas de acordo com o dia definido pelo fuso horário do aplicativo conforme detalhado: 

  • Fuso horário do hemisfério oriental: para obter todos os dados de uma determinada data do calendário, você deve consumir pastas de acordo com a hora e a data UTC. Exemplo: o fuso horário do aplicativo é UTC+10 (Sydney, Austrália). Para obter todos os dados por hora relacionados à terça-feira (Sydney), você deve consumir as seguintes pastas: segunda-feira h=14—23 e atrasados, terça-feira h=0—13 e 14-15. Por que você deve consumir terça-feira h=14-15? Alguns dados podem chegar atrasados. Portanto, as pastas h=14—15 podem conter eventos que chegam atrasados. Você deve filtrar event_time para alinhar com o dia do calendário do aplicativo em relação a UTC. 
  • Fuso horário do hemisfério ocidental: para obter todos os dados de uma determinada data do calendário, você deve consumir pastas de acordo com a hora e a data UTC. Exemplo: o fuso horário do aplicativo é UTC-7 (Los Angeles). Para obter todos os dados por hora relacionados à terça-feira (Los Angeles), você deve consumir as seguintes pastas: terça-feira h=7—23 e atrasados, quarta-feira h=0—6 e 7-8. Por que você deve consumir quarta-feira h=7-8? Alguns dados podem chegar atrasados. Portanto, as pastas h=7—8 podem conter eventos que chegam atrasados. Você deve filtrar event_time para alinhar com o dia do calendário do aplicativo em relação a UTC.

Pastas de versão

Alguns relatórios têm uma opção com controle de versão. Isso significa que os dados mais atualizados para um determinado dia são fornecidos várias vezes. Como os dados podem continuar a ser atualizados devido a dados que chegam atrasados ou dados mais precisos, o mesmo relatório tem várias versões em que a versão mais recente é a mais precisa. 

Os relatórios de um determinado dia estão contidos na pasta de versões daquele dia. Cada versão está contida em uma pasta separada cujo nome é definido usando um carimbo de data/hora Epoch que identifica exclusivamente o relatório. 

Seus processos de importação de dados devem considerar que os dados podem ser gravados retroativamente. Por exemplo, em 14 de janeiro, os dados podem ser gravados na pasta 1º de janeiro. Se o bucket for de sua propriedade, considere usar a notificação de serviço de nuvem para acionar o processo de importação (AWS  | GCS)

Segregação de aplicativos

Os dados são fornecidos em arquivos de dados unificados contendo os dados de todos os aplicativos selecionados ou segregados em pastas por aplicativo. A segregação está dentro da pasta h, conforme descrito na tabela a seguir.
Tipo de segregação Descrição 
[Padrão] Unificado

Os dados de todos os aplicativos são fornecidos em arquivos de dados unificados. Ao consumir os dados, use o campo app_id no nível da linha para distinguir entre aplicativos.

Exemplo de arquivos de dados estão na pasta h=2

UnifiedByApp.png

A convenção de nomenclatura de arquivos de dados é unique_id.gz.

  • Seu processo de carregamento de dados deve: 
    • Carregar dados depois que o sinalizador _SUCCESS for definido
    • Carregar todos os arquivos na pasta que tenham uma extensão .gz Não desenvolva seu processo de importação usando lógica de numeração de part. 
Segregado por aplicativo

A pasta contém subpastas por aplicativo. Os arquivos de dados de um determinado aplicativo estão contidos na pasta do aplicativo. Na figura a seguir, a pasta h=19 contém pastas de aplicativos. Cada pasta do aplicativo contém os arquivos de dados associados. Atenção! Os arquivos de dados não contêm o app_id, você deve determinar o app_id usando a pasta. 

DLSegregateByApp.png

Em cada pasta do aplicativo, a convenção de nomenclatura é unique_id.gz: 

  • Seu processo de carregamento de dados deve: 
    • Carregar dados depois que o sinalizador _SUCCESS for definido
    • Carregar todos os arquivos na pasta que tenham uma extensão .gz Não desenvolva seu processo de importação usando lógica de numeração de part. 

Limitação: esta opção não está disponível para relatórios de People-Based Attribution.

Arquivos de dados

Conteúdo Detalhes
Sinalização de conclusão

O último sinalizador de arquivo (conclusão) é definido quando todos os dados de uma determinada pasta h tiverem sido gravados. 

  • Não leia dados em uma pasta antes de verificar se o sinalizador _SUCCESS existe.

  • O sinalizador _SUCCESS é definido mesmo nos casos em que não há dados para gravar em uma determinada pasta e a pasta está vazia. 

  • Atenção! Na opção segregação por aplicativo, o sinalizador é definido na pasta h e não nas pastas individuais do aplicativo. Consulte as figuras na seção anterior. 
Tipos de arquivo
  • Os arquivos de parte são compactados usando o GZ.
  • Depois de descompactar, os arquivos de dados estarão no formato Parquet ou CSV de acordo com suas configurações.
Sequência de colunas (arquivos CSV) 

No caso de arquivos CSV, a sequência de campos nos relatórios é sempre a mesma. Quando adicionamos novos campos, eles são adicionados à direita dos campos existentes.

Sobre isso: 

  • A estrutura de colunas dos relatórios de jornada do usuário é idêntica. Isso significa que você pode ter procedimentos de carregamento de dados semelhantes para diferentes tipos de relatório. Você seleciona os campos contidos nos relatórios. O significado do campo é detalhado no dicionário de dados brutos.
  • Os relatórios que têm uma indicação de FF na seção de disponibilidade do relatório não aderem à estrutura de coluna comum. 
Considerações sobre o preenchimento de campos

Campos em branco ou vazios: alguns campos são preenchidos com nulo  ou estão vazios. Isso significa que, no contexto de um certo relatório, não há dados a reportar. Em geral, nulo significa que esse campo não é preenchido no contexto de um determinado relatório e tipo de aplicativo. "" em branco significa que o campo é relevante em seu contexto, mas nenhum dado foi encontrado para preenchê-lo. 

No caso da fonte de mídia restrita, o conteúdo dos campos restritos é definido como nulo. 

No geral, considere nulo e em branco como a mesma coisa. Não há dados disponíveis. 

Fuso horário e moeda

As configurações de fuso horário e moeda específicas do aplicativo não afetam os dados gravados no Data Locker. O seguinte se aplica: 

  • Fuso-horário: dados de data e hora estão em UTC.
  • Moeda: o campo event_revenue_usd está em USD.

Valores com vírgulas: essas vírgulas estão contidas entre aspas duplas `"`, por exemplo, `"iPhone6,1"`.

Os arquivos de dados dependem do tipo de segregação

Opções de armazenamento

 Atenção!

Se você estiver usando a opção de armazenamento própria do profissional de marketing: 

  • Verifique se você está em conformidade com os regulamentos de privacidade de dados, como a GDPR e políticas de retenção de dados de ad network/SRN.
  • Não use a solução de armazenamento própria do profissional de marketing para para enviar dados a terceiros. 
  • Os dados são registrados em um proprietário de armazenamento de sua escolha da seguinte forma:
    • Armazenamento da AppsFlyer
    • Armazenamento do cliente—AWS ou GCS
  • Você pode alterar a seleção de armazenamento a qualquer momento.
  • Se você alterar o armazenamento, acontecerá o seguinte:
    • Começamos a registrar no armazenamento recém-selecionado dentro de uma hora.
    • Continuamos registrando no armazenamento existente durante um período de transição de 7 dias. O tempo de expiração do período de transição é exibido na interface do usuário. Use o período de transição para atualizar seus processos de carregamento de dados. Você pode reiniciar o período de transição ou reverter para o bucket da AppsFlyer, se necessário. 
    • Mudança de armazenamento: você pode migrar de uma opção de armazenamento para outra usando a opção de multi-armazenamento e enviando dados para múltiplos destinos simultaneamente. Uma vez concluídos a migração e os testes, exclua a opção de armazenamento de que você não precisa mais. 
  Armazenamento de propriedade da AppsFlyer (AWS)  Armazenamento próprio do profissional de marketing (GCS, AWS, Snowflake)
Nome do repositório Definido pela AppsFlyer
  • GCS: sem restrição
  • AWS: configurado por você. Deve ter o prefixo af-datalocker-.

Exemplo: af-datalocker-nome-do-seu-bucke

Propriedade de armazenamento AppsFlyer Profissional de marketing
Plataforma de armazenamento AWS AWS, GCS, Snowflake
Credenciais para acessar dados por você Disponível na interface de usuário do Data Locker para os administradores da sua conta da AppsFlyer Não conhecido pela AppsFlyer. Use as credenciais fornecidas pelo provedor da nuvem.
Retenção de dados Os dados são excluídos após 14 dias Responsabilidade do profissional de marketing
Solicitações de exclusão de dados Responsabilidade da AppsFlyer Responsabilidade do profissional de marketing
Segurança A AppsFlyer controla o armazenamento. O cliente tem acesso de leitura.

O profissional de marketing controla o armazenamento

  • AWS: a AppsFlyer requer permissão GetObject, ListBucket, DeleteObject, PutObject para o bucket. O bucket deve ser dedicado ao uso da AppsFlyer. Não o use para outros fins.
  • GCS: consulte o artigo de configuração do GCS.
Capacidade de armazenamento Gerenciado pela AppsFlyer Gerenciado pelo profissional de marketing
Controle de acesso usando endpoints VPC com políticas de bucket Não aplicável [Opcional] No AWS, se você implementar a segurança de endpoint VPC no nível do bucket, será necessário dar permissão aos servidores da AppsFlyer. 

Aviso aos agentes de segurança no caso de armazenamento controlado pelo cliente

Considere:

  • O repositório ou destino é para o uso exclusivo da AppsFlyer. Não deve haver outra entidade gravando em um determinando destino.
  • Você pode excluir dados no destino 25 horas após gravarmos os dados.
  • Os dados que gravamos no destino são uma cópia dos dados que já estão em nossos servidores. Os dados continuam em nossos servidores de acordo com nossa política de retenção. 
  • Por motivos técnicos, às vezes excluímos e reescrevemos os dados. Por isso, precisamos excluir e listar permissões. Nenhuma das permissões é um risco de segurança para você. No caso da lista, somos a única entidade que grava no bucket. No caso de exclusão, podemos regenerar os dados. 
  • Para obter informações adicionais, você pode entrar em contato com nossa equipe de segurança através do e-mail hello@appsflyer.com ou do seu CSM.  

Princípios de conexões múltiplas (mais de um destino)

No Data Locker você pode enviar alguns ou todos os seus dados para mais de um destino (definido nas configurações de conexão). Por exemplo, você pode enviar dados do App A para AWS, e dados do App B para GCS.

Cada conexão consiste em um conjunto completo de configurações do Data Locker, incluindo um destino. As configurações de conexão são independentes umas das outras.

Ao administrar suas conexões, considere:

  • Nas configurações do Data Locker, as conexões são mostradas em abas. Cada conexão tem sua própria aba de configurações a partir da qual você pode gerenciar a conexão. A aba padrão é "Data Locker".
  • Para criar uma nova conexão:
    1. Clique em Adicionar conexão.
    2. Forneça um nome para a conexão e escolha o tipo de armazenamento.
    3. Clique em Salvar.
      Uma vez salva, a conexão é exibida ao lado da aba padrão "Data Locker". O ícone de cada aba representa o tipo de armazenamento.
  • Para ver os detalhes da conexão, duplicar uma conexão, ou excluir uma conexão, clique em ⋮ (opções).

Procedimentos

Configure o Data Locker

Faça esse procedimento para configurar o Data Locker. As alterações nas configurações do Data Locker levam até 3 horas para entrar em vigor. 

Pré-requisitos

Para criar um armazenamento próprio do profissional de marketing:

Se você estiver configurando o Data Locker usando um armazenamento próprio do profissional de marketing, ou seja, um bucket da sua propriedade, complete agora um ou mais dos seguintes procedimentos. 

  • Seu bucket AWS.
  • Seu bucket GCS.

Atenção! Se você não tiver uma assinatura do Data Locker e tentar acessar a análise de cohort ou os dados da SKAN, você deve completar um procedimento de armazenamento de propriedade do profissional de marketing. 

AppsFlyerAdmin_us-en.png Para configurar o Data Locker:

  1. Um administrador precisa executar a configuração. 
  2. Na AppsFlyer, vá para Integração > Data Locker. 
  3. [Opcional] Se você já tem um destino ativo no Data Locker e deseja adicionar um destino, clique em +. 
  4. Selecione um destino de dados de cloud service. Siga um dos procedimentos abaixo:
    • Selecione o repositório AWS da AppsFlyer (opção disponível somente para assinantes do Data Locker.) Continue para a etapa 4. 
    • Selecione Seu bucket AWS.
      1. Insira o nome do seu bucket AWS. Não insira o prefixo af-datalocker-.
      2. Clique em Testar.
      3. Verifique se uma mensagem de erro indicando que o caminho do bucket é inválido não é exibida.
    • Selecione Seu bucket GCS, insira seu nome do bucket GCS e, finalmente, clique em testar. 
  5. Selecione a estrutura de pastas (segregação de dados):
    • [Padrão] Unificado
    • Segregado por aplicativo
  6. Selecione o formato do arquivo:
    • [Padrão] Parquet
    • CSV
  7. Selecione os aplicativos necessários. Selecione todos para incluir automaticamente aplicativos adicionados no futuro. 
  8. Clique em Aplicar
  9. [opcional] Fontes de mídia: selecione uma ou mais fontes de mídia para incluir nos relatórios.
    • Default=Tudo. Isso significa que as fontes de mídia adicionadas no futuro serão automaticamente adicionadas.
  10. Selecione os tipos de relatório necessários. Você deve selecionar pelo menos 1. 
  11. [opcional] Eventos in-app: Selecione os eventos in-app para incluir. Se você tiver mais de 100 tipos de eventos in-app,  não será possível procurá-los. Digite seus nomes de maneira precisa para selecioná-los. 
    • Padrão=Tudo. Isso significa que os eventos no aplicativo adicionados no futuro serão adicionados automaticamente.
  12. Clique em Aplicar
  13. [Opcional] Campos: selecione os campos a serem incluídos nos relatórios. Observação: às vezes disponibilizamos campos adicionais. Leve isso em consideração no processo de importação de dados.
  14. Clique em Salvar configuração. Uma das opções seguintes ocorre:
    • Se você selecionou o AWS bucket da AppsFlyer:
      • Um AWS bucket dedicado é criado. As credenciais do bucket são exibidas.
      • O repositório pode ser acessado com o uso das credenciais. As credenciais permitem acesso ao bucket somente para leitura.
    • Se você selecionou Bucket do cliente: os dados serão gravados para o seu bucket dentro de 3 horas. 

Redefinir credenciais

Um administrador pode redefinir as credenciais do bucket da AppsFlyer a qualquer momento. Atenção! Se você redefinir as credenciais, deverá atualizar seus scripts de importação de dados com as credenciais atualizadas.

AppsFlyerAdmin_us-en.png Para redefinir as credenciais do armazenamento de propriedade da AppsFlyer:

  1. Na AppsFlyer, vá para Integração > Data Locker. 
  2. Selecione o destino de propriedade da AppsFlyer.
  3. Na seção Credenciais, clique em Redefinir credenciais.
    Uma janela de confirmação é exibida.
  4. Clique em Redefinir.
  5. Aguarde (cerca de 20 segundos) até que a mensagem Credenciais reiniciadas com sucesso apareça.
    As credenciais atualizadas estarão disponíveis.

Informações adicionais

Características e Limitações

Características
Característica Observações 
Ad Networks Não deve ser usado por ad networks
Agências Não deve ser usado por agências
Fuso horário específico do aplicativo Não aplicável. As pastas do Data Locker são divididas em horas usando UTC. Os eventos reais contêm horários em UTC. Você pode converter os horários para qualquer outro fuso horário conforme necessário. Independentemente do fuso horário do aplicativo, o atraso da ocorrência do evento até que seja registrado no Data Locker permanece o mesmo.
Moeda específica do aplicativo  Não suportado
Limitações de tamanho Não aplicável
Atualização de dados Os dados são atualizados de acordo com a atualização específica dos dados do relatório, detalhada neste artigo
Dados históricos Não compatível. Se você precisar de dados históricos, alguns relatórios, mas não todos, estarão disponíveis por meio da Pull API.
Acesso do usuário Somente usuários da conta com permissões necessárias podem configurar o Data Locker. 
Aplicativo único/aplicativo múltiplo Suporte para multiaplicativos. O Data Locker está no nível da conta

Solução de problemas

  • Sintoma: não é possível recuperar dados usando o AWS CLI
  • Mensagem de erro: Ocorreu um erro (AccessDenied) ao chamar a operação ListObjectsV2: Acesso Negado
  • Motivo: as credenciais AWS que estão sendo usadas não são as credenciais corretas para o bucket da AppsFlyer. Isso pode ser causado por ter credenciais múltiplas ou inválidas no seu dispositivo. 
  • Solução:
    1. Use um método diferente, como Cyberduck para acessar o bucket, ou seja, não a CLI. Faça isso para verificar se as credenciais que você está usando estão funcionando. Se você conseguir se conectar usando o Cyberduck, isso indica um problema no cache das credenciais. 
    2. Atualize o cache de credenciais do AWS.
      Captura de tela do AWS

      mceclip0.png

Recuperação de dados do AWS

Use sua ferramenta de recuperação de dados de AWS preferida, a AWS CLI ou uma das ferramentas descritas nas seções a seguir. Atenção! As instruções exatas são adequadas para buckets de propriedade da AppsFlyer. Ajuste as instruções conforme necessário se você estiver se conectando ao seu bucket. 

CLI da AWS

Antes de começar:

  • Instale a CLI da AWS no seu computador.
  • Na AppsFlyer, acesse o Data Locker e recupere as informações contidas no painel de credenciais.

Para usar o AWS CLI:

  1. Abra o terminal. Para fazer isso no Windows, <Windows> + <R>, clique em OK.
    A janela da linha de comando é aberta.
  2. Digite aws configure.
  3. Digite a Chave de acesso da AWS como aparece no painel de credenciais.
  4. Digite sua chave secreta da AWS conforme aparece no painel de credenciais.
  5. Digite eu-west-1.
  6. Clique em Enter (Nenhum).

Use os comandos da CLI a seguir, conforme necessário.

Nos seguintes comandos, o valor de {home-folder} pode ser encontrado

Para listar pastas em seu bucket:


aws s3 ls s3://af-ext-reports/{home-folder}/data-locker-hourly/

Para listar arquivos e pastas

Há três tipos de pastas no seu repositório do Data Locker:

  • Tipo de relatório t=
  • Data dt=
  • Hora h=

Para listar todos os relatórios de um tipo de relatório específico:

aws s3 ls s3://af-ext-reports/{home-folder}/data-locker-hourly/t=installs/

Para listar todos os relatórios de um tipo de relatório específico para um dia específico:

aws s3 ls s3://af-ext-reports/{home-folder}/data-locker-hourly/t=installs/dt=2019-01-17

Para listar todos os relatórios de um relatório específico, em uma hora específica de um dia específico:

aws s3 ls s3://af-ext-reports/{home-folder}/data-locker-hourly/t=instalações/dt=2019-01-17/h=23

Para fazer o download de arquivos de uma data específica:


aws s3 cp s3://af-ext-reports/<home-folder>/data-locker-hourly/t=installs/dt=2020-08-01/h=9/part-00000.gz ~/Downloads/

Cyberduck

Antes de começar:

  • Instale o cliente Cyberduck.
  • Na AppsFlyer, acesse o Data Locker e recupere as informações contidas no painel de credenciais.

Para configurar o Cyberduck:

  1. No Cyberduck, clique em Ação.
  2. Selecione Novo Marcador. A janela será aberta.
  3. No primeiro campo (marcado [1] na captura de tela abaixo), selecione Amazon S3.

    DataDuckSmall2.png

  4. Preencha os campos da seguinte maneira:
    • Apelido: texto livre
    • Servidor: s3.amazonaws.com
    • ID da chave de acesso: copie a chave de acesso da AWS como ela aparece no painel de credenciais na AppsFlyer
    • Chave de acesso secreta: copie a chave secreta do bucket conforme ela aparece no painel de credenciais da AppsFlyer.
    • Caminho (path): {Bucket Name}/{Home Folder} Por exemplo: af-ext-reports/1234-abc-ffffffff
  5. Feche a janela. Para fazer isso, clique no X no canto superior direito da janela.
  6. Selecione a conexão.
    Os diretórios de dados são exibidos.

Navegador Amazon S3

Antes de começar:

  • Instale o navegador Amazon S3.
  • Na AppsFlyer, acesse o Data Locker e recupere as informações contidas no painel de credenciais.

Para configurar o navegador Amazon S3:

  1. No navegador S3, clique em Contas > Adicionar Nova conta.
    A janela Adicionar Nova Conta é aberta.

    mceclip0.png

  2. Preencha os campos da seguinte maneira:
    • Nome da Conta: texto livre. 
    • ID da chave de acesso: copie a chave de acesso da AWS conforme exibida no painel de credenciais. 
    • Chave de acesso secreto: copie a Chave Secreta do repositório conforme ela aparece no painel de credenciais.
    • Selecione Criptografar Chaves de Acesso com uma senha e insira uma senha. Anote esta senha.
    • Selecione Usar transferência segura. 
  3.  Clique em Salvar alterações.
  4. Clique em Buckets > Adicionar BucketExterno.
    A janela Adicionar Bucket Externo é aberta.

    mceclip2.png

  5. Digite o nome do Repositório. O nome do Repositório tem o seguinte formato: {Bucket Name}/{Home Folder}. Os valores necessários para o nome do repositório e a pasta inicial aparecem na janela de credenciais. 
  6. Clique em Adicionar repositório externo.
    O repositório é criado e exibido no painel esquerdo da janela.
    Agora você pode acessar os arquivos do Data Locker. 
Este artigo foi útil?