Configuração da integração do Google Ads (AdWords)

Visão geral: Integre sua conta do Google Ads à AppsFlyer para exibir dados de atribuição de todas as suas campanhas.

 Leitura relacionada

Para ter uma visão completa do trabalho com o Google Ads na AppsFlyer, confira estes artigos:

Uso do Google Ads

A IU do Google Ads permite que você configure apenas uma Campanha de Aplicativo para dispositivos iOS e Android.

Por exemplo, para atribuir usuários de outras plataformas. Usuários do Windows Phone, para o Google Ads é necessário usar uma solução para página inicial.

Para configurar outros tipos específicos de campanha além da Campanha de Aplicativos, entre em contato com seu representante do Google.

Configuração da atribuição do Google Ads para anunciantes

Para iniciar a atribuição das campanhas do Google Ads com a AppsFlyer, siga as etapas abaixo:

 Nota

Como pré-requisito para a integração com o Google Ads, o aplicativo deve coletar o IDFA/GAID. Para obter mais informações, consulte o guia de integração do SDK.

 Assista

 Leia

Etapa 1: crie o ID de link do Google Ads (obrigatório)

(Somente o administrador do Google Ads)

  1. Em seu painel do Google Ads, acesse RECURSOS E CONFIGURAÇÕES e clique em Contas vinculadas.
  2. Clique em Detalhes na linha Analytics de aplicativos de terceiros.
  3. Clique e Criar ID do link
  4. A partir da lista Fornecedor de analytics de aplicativos, selecione AppsFlyer, depois selecione a plataforma de seu aplicativo mobile, iOS ou Android.
  5. Selecione o aplicativo relevante em Procure seu aplicativo, e clique em Crie o ID do link.
  6. Copie o novo ID de link, que agora identifica exclusivamente o seu aplicativo mobile no Google Ads

  7. REPITA essas etapas para criar um ID de link exclusivo para cada um dos seus aplicativos mobile.

Etapa 2: configure o Google Ads na AppsFlyer (obrigatório)

(Qualquer membro na conta da AppsFlyer)

  1. Acesse seu dashboard de aplicativos na AppsFlyer e em Configuração, clique em Parceiros Integrados.
    configuration_integrated_partners_en-us.png
  2. Selecione Google Ads.
    google_ads_integration_en-us.png
  3. Ative o parceiro e cole a ID do link copiado.
  4. Como configurar a atribuição de instalação:
    1. Defina a  instalação da janela de lookback por clique.
      Selecione as unidades da janela de lookback (horas ou dias) e defina a barra deslizante para o valor desejado. Recomendamos a definição da janela de lookback para 30 dias para corresponder ao período do Google Ads.
    2. [Opcional] se você executar campanhas de pré-registro para aplicativos Android, defina a janela de lookback de campanha de pré-registro (o padrão é 90 dias). Esse cursor determina a janela de lookback para a atribuição de instalações a campanhas de pré-registro. 
    3. Habilite a instalação da atribuição da exibição.
    4. Selecione as unidades da janela de lookback (horas ou dias) e coloque a barra deslizante no valor desejado. Recomendamos que você configure a janela de visualização para 1 dia para que ela se iguale à do Google Ads.
      Observação: o Google não envia reivindicações de impressões de aplicativos no iOS. O toggle de atribuição de view-through de instalação e o slider da janela de lookback não são mais relevantes para aplicativos do iOS.

  5. Para habilitar a atribuição de reinstalação, ative Atribuição de reinstalação.
    Não é necessário configurar janelas de lookback para atribuição de reinstalação, pois os valores são retirados das configurações de atribuição de instalação.

     

    Os dados de conversão de reinstalação são apresentados como um session_start no painel do Google Ads. Na AppsFlyer, isso é atribuído e visto como uma reatribuição.

  6. Configure a Atribuição de reengajamento:
    1. Habilite o retargeting nas definições do aplicativo.
    2. Habilite a  Atribuição de reengajamento.
    3. Configure a janela de lookback de reengajamento por clique, que é o período de tempo que se inicia com o clique no anúncio, durante o qual o aplicativo deve ser iniciado para que o clique seja registrado como um reengajamento.  Selecione uma janela de lookback em horas ou dias e configure a barra deslizante para o valor desejado.
    4. Habilite a atribuição de view-through de reengajamento.
      Observação: o Google não envia reivindicações de impressões de aplicativos no iOS. O toggle de atribuição de view-through de instalação e o slider da janela de lookback não são mais relevantes para aplicativos do iOS.
    5. Defina a janela de lookback de exibição de reengajamento, que é o período de tempo que se inicia com a impressão do anúncio, durante a qual o aplicativo deve ser iniciado para que a impressão seja registrada como um reengajamento.  Selecione uma janela de lookback em horas ou dias e configure a barra deslizante para o valor desejado.
    6. Configure a Janela de reengajamento. Este é o período em que os eventos in-app do usuário são atribuídos ao canal de mídia de retargeting após um clique ou uma impressão. Você pode definir o valor em dias (1 a 90), horas (até 23) ou até mesmo por lifetime. O padrão é 30 dias.

  7. Se você tiver uma extensão de aplicativo do Google Ads para iOS:
    Para obter atribuições do link do anúncio, vá para a aba Link de atribuição, crie um link de atribuição de plataforma única da AppsFlyer, e insira-o na extensão do Google Ads.
    Observação: certifique-se de acrescentar um nome de campanha estática (obrigatório).

  8. Acesse a aba Custo.
  9. Ative Obtenha dados de custos, cliques e impressões.
  10. Clique no botão Conectar Google Ads e faça login na sua conta Google para obter todos os custos da sua campanha do Google Ads na AppsFlyer. Mais detalhes aqui.
  11. Clique em Save (Salvar).

 Pare!

É OBRIGATÓRIO passar pela etapa 4 para ver as instalações do Google Ads na AppsFlyer.
Se você também precisar mapear seus eventos no aplicativo para o Google Ads, passe pela etapa 3 primeiro.

Etapa 3: mapeie seus eventos in-app (recomendado)

(Qualquer membro vinculado à conta da AppsFlyer)

In-app_event_postbacks_en-us.png
  1. Vá até a aba Integração e desça até a seção Postbacks de eventos in-app.

     Nota

    Ao ativar o mapeamento de eventos in-app do Google Ads para um aplicativo pela primeira vez:

    • O evento af_app_open é automaticamente definido e mapeado para session_start (se não, acrescente-o manualmente).
    • Em para usuários de, você deve selecionar Todas as fontes de mídia, incluindo orgânicas para cada evento para permitir que o Google Ads receba estes eventos. Após a integração ter sido definida com sucesso, você poderá alterar esta seleção para qualquer evento.
  2. Ative Postbacks de eventos in-app.
  3. Clique em Adicionar evento para adicionar um SDK ou evento servidor para servidor à lista.
  4. Complete os seguintes parâmetros:
    Nome do parâmetro Descrição
    Evento AppsFlyer

    O nome do evento, conforme recebido pela AppsFlyer do SDK integrado no aplicativo ou de eventos de servidor para servidor.
    Dica: não encontrou o evento que está procurando?

    • Lembre-se de ativar o evento em um dispositivo com uma instalação não orgânica e verifique novamente.
    • Digite-o em Evento AppsFlyer, depois clique em Criar personalizado. Leia mais sobre o mapeamento de eventos personalizados.

    mapeado para evento parceiro

    O nome ou ID exclusivo de cada evento, conforme definido no Google Ads As configurações de mapeamento possíveis são:

    • Campo de texto: obtenha o ID do evento correspondente no Google Ads.
    • Caixa drop-down: selecione o evento AppsFlyer pré-definido mais adequado
    • Como está: envie os eventos como eles estiverem, sem o mapeamento de nomenclaturas.

    para usuários de

    Selecione a opção de envio para o evento:

    • Somente este parceiro: envie postbacks somente quando esse evento for atribuído ao Google Ads.
    • Todas as fontes de mídia, incluindo orgânicas: envie postbacks para eventos atribuídos a qualquer parceiro e eventos orgânicos.
    incluindo
    • Nenhum dado (padrão): envie somente o evento em si sem o valor do evento.
    • Valores e receita: envie todos os parâmetros do evento, incluindo o valor da receita (se existir no evento).
    • Valores sem receita: envie todos os parâmetros excluindo o valor da receita.
  5. Clique em Salvar

Etapa 4: mensure suas conversões do aplicativo (obrigatório)

(Somente administrador do Google Ads)

Importante!

Para que o Google Ads registre suas novas conversões, você precisa iniciar o aplicativo e realizar seus eventos in-app mapeados pelo menos uma vez. Para testar aplicativos iOS, você deve coletar o IDFA para ver o evento. Pode levar até 6 horas para que os eventos de conversão sejam adicionados à fila. Depois de adicionados, você pode importá-los e as novas conversões mudam de status de “Sem conversão recente” para “registrando conversão".

  1. Volte para a página Visão geral na sua conta do Google Ads e vá para FERRAMENTAS E CONFIGURAÇÕES > Mensuração > Conversões.
  2. Clique + Nova ação de conversão
  3. Selecione App na lista de tipos de conversão, depois selecione Analytics de app de terceiros e clique em Continuar.
  4. Marque a caixa ao lado de first_open para todos os seus aplicativos e para cada evento que você gostaria de importar.

     Observação

    Você precisa reimportar se o identificador de evento do parceiro no Google Ads for alterado ou se o nome do evento correspondente for PERSONALIZADO e o nome do evento correspondente for alterado na AppsFlyer.

    Clique em Importar e continuar, depois clique em OK
  5. Agora você pode ver seus eventos de conversão de terceiros no site na página Conversões > Resumo. Se um evento não aparecer na lista ou tiver sido removido da lista de conversão de anúncios do Google, clique em Ver todas as ações de conversão. O filtro Status aparece. 
  6. Clique em Status e selecione Todos para ver todos os eventos, incluindo eventos desativados e removidos.
  7. Parabéns! Agora você está mensurando campanhas mobile do Google Ads com a AppsFlyer!

 Nota

Certifique-se de que sua configuração para "incluir em conversões" esteja alinhada com os seus objetivos de campanha no Google Ads. Para obter mais informações, consulte seu representante do Google ou a documentação do Google aqui.

 Dica

A integração de API do Google Ads inclui automaticamente o recurso de remarketing do Google Ads. Ao concluir essa integração e enviar eventos para o Google Ads, é possível criar listas de público de remarketing no Google Ads sem qualquer integração adicional.

Como conceder permissões aos membros da equipe do Google Ads

Você pode conceder permissões ao Google Ads para acessar determinados dados em sua conta. Você pode fazer isso na sua página de configuração do Google Ads na aba Permissão para cada um de seus aplicativos.

Para obter essas permissões e acessar seu aplicativo, seu representante do Google Ads deve ser um membro da equipe da conta de parceiro do Google Ads na AppsFlyer.

Devido aos seus requisitos de privacidade, o Google pode adicionar novos membros de equipe à sua conta de parceiro da AppsFlyer somente quando solicitado explicitamente por um anunciante.

Para conceder o acesso de um membro da equipe do Google Ads ao seu aplicativo, siga os seguintes passos:

  1. Preencha e envie este formulário para solicitar que seu gerente de conta seja adicionado à conta de parceiro do Google na AppsFlyer.
  2. Aguarde a confirmação do Google Ads de que seu gerente de conta do GA foi adicionado.
  3. Vá em Configuração > Parceiros integrados > Google Ads > Permissões e adicione o e-mail de seu gerente de conta à lista de membros da equipe.
  4. Ative as permissões que você deseja conceder a seu gerente de conta do Google Ads.

Saiba mais sobre como dar permissões a ad networks.

Habilitar a Atribuição do Google Ads para agências

A AppsFlyer oferece suporte para configurações de agência com o Google Ads. É essencial que o anunciante e a agência tenham contas separadas no Google Ads para permitir que a AppsFlyer atribua os dados corretamente. Para obter detalhes, clique aqui.

Execução com várias contas do Google Ads

A AppsFlyer oferece suporte ao funcionamento com várias contas do Google Ads para o mesmo aplicativo. Isso é realizado pelo compartilhamento da ID de link no Google Ads e pela importação dos eventos para cada conta do Google Ads.

Para obter mais detalhes sobre como compartilhar sua ID de link do Google Ads, clique aqui.

Campanhas de aplicativos para iOS

Observação: esta sessão se aplica a campanhas para instalações e nãoa campanhas de aplicativo para engajamento.

Em 27 de janeiro de 2021, o Google anunciou atualizações em suas políticas para acomodar o lançamento do iOS 14.

Desde a ativação da ATT, os aplicativos do Google para iOS não exibem a notificação da ATT e, portanto, os produtos do Google Ads pararam de usar identificadores de dispositivo (IDFA) que se enquadram na ATT.

Para preservar a otimização de relatórios e campanhas, o Google expandiu as conversões modeladas para o tráfego do iOS 14+.

Como as conversões modeladas não dependem de IDs de dispositivos, a partir da versão iOS14.5, a lógica de inventário da campanha de aplicativos de instalação do iOS empregada pelo Google é a seguinte:

  • O canal/inventário de pesquisa ACI do iOS não é atribuído (de acordo com a política anterior de 24 de janeiro de 2020).
  • O canal/inventário do YouTube do ACI iOS não é atribuído, pois o aplicativo do YouTube não está exibindo a notificação da ATT e, portanto, o IDFA não pode ser usado.
  • O canal/inventário de exibição do ACI iOS pode ser atribuído, somente quando um ID de dispositivo estiver presente, caso haja consentimento tanto no aplicativo do anunciante quanto no do publisher.

Usando deferred deep linking em campanhas de aplicativos

Os feeds do Google nas campanhas de aplicativos permitem que você crie uma boa experiência de conteúdo específico para novos usuários mobile.

Quando um usuário potencial clica em um feed, ele é redirecionado para a página do aplicativo. Após o usuário instalar o aplicativo e iniciá-lo, o SDK da AppsFlyer oferece os detalhes específicos do produto (por exemplo: tênis de corrida) com deferred deep linking. O desenvolvedor do aplicativo usa esses dados para oferecer uma experiência de usuário relevante dentro do aplicativo.

Para ativar deferred deep linking com o Google Ads:

  1. Certifique-se de usar GCD para receber o parâmetro af_dp no SDK da AppsFlyer. 
  2. No Google, configure os feeds.
  3. Na AppsFlyer, acesse Configuração > Parceiros Integrados. Selecione Google Ads (Adwords).
  4. Na aba Integração, ative Deferred deep linking com Google Ads.
  5. Clique em Salvar integração.

Mapeamento de parâmetros do Google Ads

A tabela abaixo descreve o mapeamento de parâmetros entre o Google Ads e a AppsFlyer. Observe que os anunciantes não podem adicionar parâmetros personalizados a nenhuma campanha do Google Ads.

Tipo de rede

Pesquisar Exibição YouTube
Canal (af_channel) Veja a tabela abaixo, Como preencher o parâmetro Channel
Campanha (c) Sim Sim Sim

ID da campanha (af_c_id)

Sim Sim Sim
Conjunto de anúncios (af_adset)
Preenchido pelo parâmetro ad_group_name.
Se esse parâmetro for nulo, a AF preenche af_adset com ad_group_id.
Sim Sim Sim
ID do conjunto de anúncios (af_adset_id) preenchido pelo parâmetro ad_group_id do Google Sim Sim Sim

Anúncio (af_ad)

N/D N/D N/D
ID do anúncio (af_ad_id) N/D N/D N/D
Tipo de anúncio (af_ad_type) Sim* Sim* Sim*
ID do site (af_siteid) GoogleSearch/
Parceiros de busca
N/D YouTubeVideos/
VideoPartners
Palavras-chave N/D N/D N/D
Mapeamento de parâmetros do Google Ads

Como preencher o parâmetro do Channel

O Google Ads não envia o parâmetro Channel(af_channel). A AppsFlyer determina como preencher este parâmetro para os tipos de campanha recebidos do Google Ads, de acordo com as seguintes regras:

Tipo de campanha E Lógica de tipo de rede: Parâmetro Channel Exemplo
campaign_type network_type
ACI, ACE, ACPRE, Shopping, ou Hotel

Todos os tipos de rede

campaign_type_network_type canal = ACI_Search

Não:

ACI, ACE, ACPRE, Shopping, ou Hotel
Exibição network_subtype channel = mGDN

Não:

ACI, ACE, ACPRE, Shopping, ou Hotel

Não:

Exibição
network_type channel = Search

Para obter mais informações sobre quais tipos de anúncio estão disponíveis na resposta do Google, consulte aqui.

Tipo de campanha: campanhas de aplicativos

 Até 15 de fevereiro de 2021 A partir de 23 de fevereiro de 2021
UAC ACI
UACE ACE
UACPre ACPRE
Alterações nos nomes das campanhas pelo Google Ads

Observação: o tipo de nome da campanha é definido de acordo com a data do clique ou da impressão, não a data de instalação. 

Parâmetro de visualização engajada em relatórios de dados brutos

Visualização engajada é uma impressão do usuário sobre um anúncio em vídeo que durou mais de 10 segundos. Isso conta como um clique e é exibido apenas para aplicativos Android em relatórios de dados brutos que preenchem “sub param 5”.
Esse parâmetro é exibido se a visualização engajada tiver ocorrido dentro da janela de lookback de clique definida na AppsFlyer, mas o máximo é de 2 dias.

 

  • Google é um SRN (Self Reporting Network). Para obter mais informações sobre como o fluxo de atribuição funciona para essas redes, clique aqui.
  • A AppsFlyer pode apresentar qualquer informação de campanha fornecida pelo Google. O tipo de campanha (busca, vídeo, exibição) e as informações associadas são determinados pelo Google. Para obter mais informações, clique aqui.

Otimização de campanhas do Google Ads para conversões sem ID do dispositivo

Começando com iOS14.5+ e Android 12+, o Google Ads introduziu vários identificadores. Esses identificadores são usados para atribuição determinística de conversões sem IDs de dispositivo:

Identificador Disponível de Fonte Sistema operacional Usado para Granularidade de dados
gclid Dezembro de 2021 Referenciador da Google Play Android Instalações Nível do usuário
gclid Dezembro de 2021 URL de links diretos (deep link) Android + iOS Reengajamentos Nível do usuário
gbraid Março de 2021 URL de links diretos (deep link) iOS Reengajamentos Agregados

Quando a AppsFlyer recebe esses identificadores e os envia em postbacks do Google Ads, o Google Ads pode reivindicar conversões com base neles. A AppsFlyer usa a reivindicação e considera os parâmetros para atribuição e associação de eventos LTV.
Nenhuma ação do anunciante é necessária para permitir o recebimento desses parâmetros.

Visibilidade de dados por sistema operacional

Aplicativos para Android:

Na AppsFlyer e no Google Ads, os anunciantes podem receber dados completos da campanha para tráfego sem IDs de dispositivo, tanto para instalações quanto para reengajamentos.

Aplicativos para iOS:

  • No Google Ads, os anunciantes podem receber dados completos da campanha para tráfego sem IDs de dispositivo para suas atividades de reengajamento.
  • Na AppsFlyer, os anunciantes podem visualizar suas atividades de reengajamento apenas no nível da fonte de mídia, já que o Google Ads não compartilha detalhes da campanha com a AppsFlyer para esse tráfego. Os IDs das campanhas são exibidos como "N/A" e os nomes das campanhas como "Nenhum" no painel de controle geral.

    gbraid-campaign-example_en-us.png

 

 

Este artigo foi útil?