Dashboard do Protect360

Visão geral: O dashboard do Protect360 oferece insights sobre tráfego fraudulento e instalações bloqueadas em razão da aplicação de regras de validação.

p360_retargeting_dashboard.png

Leitura relacionada: Visão geral | Dados brutos | Regras de validação

Sobre o dashboard do Protect360

O dashboard do Protect360:

  • Exibe dados agregados de fraude no nível da conta.
  • Possui três visualizações do dashboard:
    • Instalações (CPI)
    • Eventos in-app (CPA)
    • Anomalias
  • Organiza fraudes com base em categorias, incluindo:
    • Instalações falsas versus instalações roubadas
    • Fraude bloqueada em tempo real versus fraude identificada após a atribuição
    • Fraude de UA versus campanhas de retargeting
  • Permite que você se aprofunde na análise dos eventos de fraude usando as opções de filtragem e agrupamento.

Para visualizar o dashboard do Protect360, na AppsFlyer, acesse Dashboard > Protect360. 

Filtros e agrupamentos

Janela de filtros e agrupamentos

p360_filters_2.png

As seguintes opções de filtros e agrupamentos estão disponíveis:

  • Filtros básicos:
    • Nome do aplicativo
    • Fonte de mídia
    • Geolocalização
    • Intervalo de datas (consulte suporte a fuso horário)
    • Tipo de atribuição: instalações, reatribuições e/ou reengajamentos
    • Eventos a pagar (disponíveis no dashboard de eventos in-app) 
  • Filtros expandidos - clique na seta azul, à direita do seletor de datas:
    • Agências
    • Campanhas
    • Canais
  • Opções de agrupamento - escolha diferentes dimensões para agrupar os dados de fraudes e obter os insights específicos necessários:
    • Aplicação: compare a quantidade total de fraudes para cada um dos seus aplicativos.
    • Fonte de mídia (padrão): compare a fraude identificada de cada uma das fontes de mídia usadas por seus aplicativos
    • Fonte de Mídia + Campanha: compare a fraude identificada em todas as suas campanhas entre todas as fontes de mídia usadas por seus aplicativos
    • Fonte de mídia + ID do site: compare a fraude identificada em todos os publishers (IDs de site) entre todas as fontes de mídia usadas por seus aplicativos
    • Fonte de mídia + ID do site + Campanha: compare a fraude identificada em todos os publishers (IDs de site) entre todas as fontes de mídia usadas por seus aplicativos, associadas aos nomes de campanha relevantes
    • Fonte de mídia + Geo: (disponível no dashboard de eventos in-app): compare a fraude identificada em cada uma das fontes de mídia usadas por seus aplicativos associados aos países relevantes
    • Fonte de mídia + Tipo de atribuição: compare a fraude identificada em cada uma das suas fontes de mídia, associada ao tipo de atribuição selecionado (instalações, reatribuições e/ou reengajamentos)
    • Geolocalização: compare a fraude identificada em todos os países

Dashboard de instalação

O dashboard de instalação exibe dados baseados em LTV, ou seja, dados relacionados a instalações, reatribuições e reengajamentos que ocorreram durante o intervalo de datas selecionado.

Os recursos do dashboard estão descritos nas seções a seguir.

Instalaçõesmétricas do título

As métricas do título permitem que você veja:

  • Economia estimada
  • O número total de instalações fraudulentas
  • Número de eventos fraudulentos (no aplicativo)
  • Anomalias

Para cada KPI, há um valor percentual. Esse valor mostra qual é o status do KPI exibido em relação ao mesmo intervalo de datas anterior a ele. Por exemplo, a semana atual em comparação com a semana passada, ou quaisquer dias selecionados no intervalo de datas em comparação com o mesmo número de dias anteriores: se mostrar um aumento de X% na economia estimada, significa que o intervalo de datas paralelo anterior teve X% menos instalações fraudulentas, reatribuições e reengajamentos.

Economia estimada

Métricas de economia estimada:

  • Exibe o valor da fraude bloqueada em tempo real ou identificada pós-atribuição, a ser resolvida por você com a rede de anúncios. 
  • Usa a fórmula: Economias estimadas = número de instalações bloqueadas X eCPI médio de aplicativos

Para mais detalhes sobre como esse valor é calculado, leia Pergunta frequente.

Atribuições fraudulentas identificadas

A métrica de total de fraudes identificadas exibe as quantidades de:

  • Instalações, reatribuições e reengajamentos fraudulentos bloqueados em tempo real por vários motivos para um bloqueio de fraude.
  • Instalações, reatribuições e reengajamentos identificados como fraude pós-atribuição.

Eventos in-app bloqueados

As métricas de eventos in-app bloqueados exibem a quantidade de eventos in-app bloqueados pela AppsFlyer. Os eventos podem ter sido bloqueados por pertencerem a instalações bloqueadas ou por serem sinalizados como eventos de pós-atribuição suspeitos.

Instalações—gráfico

Gráfico de tendências de fraude identificadas

O gráfico de tendências de fraude identificadas exibe o número de instalações fraudulentas, reatribuições e reengajamentos por dia, detalhado por:

  • Tipo de detecção: instalações bloqueadas em tempo real e instalações identificadas como fraude pós-atribuição.
  • Tipo de atribuição: instalações, reatribuições e reengajamentos

A exibição pode ser feita em um gráfico de linhas ou um gráfico de barras.

Gráfico de correção de atribuição de hijacking de instalações

O gráfico de correção de atribuição de instalações com hijacking exibe fontes de mídia que tentaram receber crédito por instalações, reatribuições e reengajamentos, assim como as últimas fontes válidas que auxiliaram a instalação.

Você pode:

  • Filtre por atribuições com hijacking identificadas em tempo real, pós-atribuição ou atribuições identificadas por meio de regras de validação.
  • Defina qual atribuição de fontes válidas é corrigida ou a partir de quais fontes de hijacking a atribuição foi corrigida.
  • Altere a visualização do gráfico para um formato de tabela e baixe os dados como CSV.

Observação:

  • Este gráfico só pode ser acessado pelos anunciantes. Agências e ad networks não têm acesso.
  • Quando os hijackings são bloqueados em tempo real, as atribuições corretas são exibidas nos dashboards e relatórios da AppsFlyer (não apenas no Protect360). Quando os hijackings são identificados após a atribuição, as atribuições corretas são exibidas apenas nos dados brutos do Protect360.

Gráfico de fraude identificada

O gráfico de fraude identificada exibe os tipos de fraude que ocorrem, por porcentagem. A análise de fraudes pode ser feita por:

  • Motivo do bloqueio
  • Sub-motivo Bloqueado
  • Fonte de mídia
  • Campanha
  • Geolocalização
  • Aplicativo

Instalações—tabela

Análise de fraudes identificadas

A tabela de análise de fraudes identificadas exibe os seguintes dados:

  • Fraude bloqueada em tempo real
  • Fraude identificada e marcada após a atribuição
  • Outras indicações de fraude por fonte de mídia

A tabela é apresentada em um formato de visão geral, conforme a imagem abaixo:

p360_main_table.png

A estrutura dinâmica da tabela:

  • Permite clicar no botão de configurações da tabela para adicionar ou remover colunas à tabela.
    Se você fizer alterações na tabela, certifique-se de clicar no botão Salvar depois. 
  • É por usuário, de modo que cada membro da equipe com acesso ao Protect360 possa personalizar a estrutura da sua própria tabela. Veja mais opções de tabelas.

edit_table.jpg

Conteúdo detalhado da tabela de fraudes identificadas
Coluna da tabela Descrição
Agrupamentos
  • [Padrão] A tabela e o dashboard são agrupados por fonte de mídia.
  • Ao selecionar uma fonte de mídia específica, o agrupamento é feito automaticamente tanto por Fonte de mídia quanto por ID do site.
  • Agrupamentos opcionais incluem Campanha, Geolocalização, Canal, agência e suas combinações.
Atribuições Detalhamento do título de instalações fraudulentas bloqueadas e de pós-atribuição.
Total (A)
  • Total de instalações = instalações regulares (não-fraudulentas) + instalações bloqueadas
  • Instalações regulares estão disponíveis por fonte de mídia (não-orgânica) no dashboard de Visão geral.
Bloqueadas (B)
  • Número total de instalações bloqueadas.
  • Observação: instalações orgânicas bloqueadas não são mostradas no dashboard do Protect360. Para ver instalações orgânicas bloqueadas, use os relatórios raw data.
  • [Padrão] A tabela é classificada em ordem decrescente usando este KPI.
% Bloqueadas (A) Instalações bloqueadas / Total de instalações
Pós-atribuição (C) Instalações identificadas como fraude pós-atribuição.
% Pós-atribuição (C/A) Instalações pós-atribuição / Número total de instalações
Total de instalações fraudulentas (D) Instalações fraudulentas, bloqueadas em tempo real ou identificadas como pós-atribuição fraudulenta.
% Instalações fraudulentas (D/A) Instalações fraudulentas / Número total de instalações
Análise detalhada do tipo de atribuição de fraude Os tipos de atribuição das instalações fraudulentas, divididos em instalações, reatribuições e reengajamentos.
Instalações A fraude se originou de uma campanha de UA.
Reatribuições A fraude se originou de uma campanha de retargeting que levou a uma instalação.
Reengajamentos A fraude se originou de uma campanha de retargeting que levou a um reengajamento.
Falso Instalações ou reatribuições fraudulentas que simulam a atividade real do usuário - divididas por blocos entre fraude em tempo real e pós-atribuição.
Bloqueio em tempo real Instalações falsas bloqueadas em tempo real.
Fraude pós-atribuição Instalações falsas identificadas como fraude pós-atribuição.
Hijacked Últimos cliques fraudulentos que roubam a atribuição de instalações de usuários reais - divididos por blocos em tempo real e pós-atribuição.
Bloqueio em tempo real Hijacking de instalações bloqueadas em tempo real.
Fraude pós-atribuição Hijacking de instalações identificadas como fraude pós-atribuição.
Regras de validação Instalações que atendem às condições das regras de validação.
Instalações bloqueadas Instalações bloqueadas por regras de validação.
Atribuição bloqueada Alterações na atribuição de instalações devido a regras de validação.
Detalhes do bloqueio de instalações falsas Detalhames de instalações falsas fraudulentas pós-atribuição e bloqueadas, geralmente realizadas programaticamente
Denylist de IDs de sites bloqueados Instalações bloqueadas devido à inclusão do ID do site à denylist do Protect360.
Denylist do ID do site pós atribuição. Instalações marcadas como fraudulentas devido à inclusão do ID do site na denylist pós-atribuição do Protect360.
Bots bloqueados Bloqueio de tentativas de instalação feitas por bots automáticos.
Bots pós-atribuição Instalações marcadas como fraude devido a atividades de bots automáticos identificados após a atribuição
Anomalias comportamentais bloqueadas Instalações bloqueadas devido a anomalias comportamentais, ou seja, sessão anormal e performance de eventos in-app dos usuários.
Anomalias comportamentais pós-atribuição Instalações marcadas como fraudulentas devido a anomalias comportamentais pós-atribuição.
Validação de instalações bloqueadas Total de instalações bloqueadas devido à validação negativa da store.
Detalhes do bloqueio de hijackings de instalação Detalhes dos últimos cliques fraudulentos destinados a roubar a atribuição de instalações do aplicativo feitas por usuário reais.
Hijacking de instalações bloqueadas Hijacking de instalação bloqueada da fonte.
Hijacking de instalação pós-atribuição Hijacking de instalação marcada como fraude na pós-atribuição.
Anomalias no CTIT bloqueadas Instalações bloqueadas devido a anomalias do CTIT.
Anomalias CTIT pós-atribuição Anomalias CTIT marcadas como fraude na pós-atribuição.
Flooding de cliques bloqueados Instalações bloqueadas devido a flooding de cliques (tentativas de fraude para enviar uma grande quantidade de cliques com o objetivo de ser responsável pelos últimos cliques antes de instalações aleatórias.)
Flooding de cliques pós-atribuição Instalações de flooding de cliques marcadas como fraude na pós-atribuição
Cliques

Cliques legítimos na fonte

Observação: a taxa de conversão não é exibida se uma das opções de taxa de reengajamento ou reatribuição for selecionada como o tipo de atribuição sem a outra.

Total (E) Número total de cliques legítimos recebidos da fonte
Bloqueadas Cliques bloqueados devido a fraude
Eventos in-app

Eventos in-app legítimos e bloqueados da fonte

Observação: isso inclui eventos in-app de instalações; não inclui reatribuições ou reengajamentos.

Total (G) Total de eventos in-app
Bloqueados (H) Eventos in-app bloqueados 
% (H/G) Eventos in-app bloqueados / total de eventos in-app
Indicadores de device farm

Indicadores de atividade fraudulenta de device farm, usando o reset de ID do dispositivo e fraude de limite de rastreamento de anúncios (LAT).

Observação: inclui instalações e reatribuições; não inclui reengajamentos.  

Instalações (I) Instalações com um novo ID de dispositivo não reconhecido pela AppsFlyer.
Instalações % (I/A) Novas instalações de dispositivos / Número total de instalações
Usuários fidelizados (%) KPI geral que indica se os usuários são reais ou falsos
Indicadores de flooding de cliques Indicações de fraude de flooding de cliques com base em taxas anormais de conversão ou assistência, ou tempo de CTIT.
Taxa de conversão (%)

Uma baixa porcentagem em comparação com a taxa geral de conversão do aplicativo indica fraude por flooding de cliques.

Observação: a taxa de conversão não será exibida se uma das opções de taxa de reengajamento ou reatribuição for selecionada como o tipo de atribuição sem a outra.

Assistências (%) Uma alta porcentagem em comparação com outras fontes de mídia (no widget de Assistências na página de visão geral) indica fraude por flooding de cliques.
Mais de 60 minutos Normalmente, cerca de 30% das primeiras inicializações de aplicativos ocorrem mais de 60 minutos após o download.
Mais de 5 horas Normalmente, cerca de 20% das primeiras inicializações de aplicativos ocorrem mais de 5 horas após o download.

Opções adicionais de tabela

  • Clique em Exportar CSV para fazer o download da tabela para a área de trabalho no formato CSV
  • Clique no ícone de engrenagem para:
    • Alterar a ordem das colunas da tabela
    • Adicionar ou remover as colunas descritas acima
    • Adicionar ou remover qualquer um dos eventos in-app bloqueados recentemente. Para cada evento in-app adicionado, as seguintes colunas são exibidas:
Coluna da tabela Descrição
Contador de eventos (total) Número de ocorrências bloqueadas do evento específico
Usuários Únicos Número de usuários únicos bloqueando o evento específico 

Observe que taxas incomuns de um desses KPIs não indicam necessariamente fraude, pois muitos eventos são bloqueados devido a instalações fraudulentas pós-atribuição.

Os dados de eventos in-app no dashboard de CPI se baseiam em LTV, ou seja, são todos os eventos in-app associados às instalações que ocorreram durante o intervalo de datas especificado.

Dashboard de eventos in-app

O dashboard de eventos in-app exibe dados baseados em atividades, ou seja, dados relacionados a eventos in-app que ocorreram durante o período selecionado, incluindo eventos de instalações que ocorreram antes desse período.

As agências não podem acessar os eventos in-app (dashboard de CPA). 

Os recursos do dashboard estão descritos nas seções a seguir.

Eventos in-appmétricas do título

As métricas do título permitem que você veja:

  • Economia estimada
    • Disponível somente se os Eventos a pagar estiverem ativados. 
    • Com base nos eventos a pagar que você configurou. 
  • Número total de IAEs fraudulentas identificadas

Eventos in-appgráficos

Gráfico de tendência de fraudes ao longo do tempo

O gráfico de tendência de fraude ao longo do tempo exibe o número de eventos por dia, divididos em:

  • Tempo real: eventos in-app fraudulentos bloqueados em tempo real
  • Pós-atribuição: eventos fraudulentos identificados pós-atribuição
  • Não fraude

Gráfico das principais fraudes IAE por fonte de mídia

A lista das principais fraudes de eventos in-app (IAE) por fonte de mídia contém:

  • As 5 fontes de mídia com o maior número de eventos in-app fraudulentos em ordem decrescente. 
  • Um gráfico de barras para cada barra da fonte de mídia que exibe os seguintes tipos de eventos in-app como uma porcentagem do total de eventos in-app:
    • Tempo real: eventos in-app fraudulentos bloqueados em tempo real
    • Pós-atribuição: eventos fraudulentos identificados pós-atribuição
    • Não fraude

Gráfico de explosão solar de fraude de evento in-app

IAE_pie_chart.gif

O gráfico de explosão solar de fraude de eventos in-app exibe visualmente a análise detalhada da fraude de eventos in-app.

O anel mais interno (raiz) do gráfico de explosão solar exibe eventos in-app divididos em fatias: Não fraude, Falso e Hijacked.

Clicar em uma fatia principal (e fatias seguintes na hierarquia da explosão solar) exibe detalhes adicionais sobre os eventos in-app e fontes de mídia.

Os eventos in-app exibidos no gráfico de explosão solar são idênticos em nome e significado aos da tabela de análise de fraude de eventos in-app.

Eventos in-apptabela

A tabela de análise de fraudes de eventos in-app exibe os seguintes dados:

  • Fraude bloqueada em tempo real
  • Fraude identificada e marcada após a atribuição
  • Outras indicações de fraude por fonte de mídia

A tabela é apresentada em um formato de visão geral, conforme a imagem abaixo:

IAE_fraud_table.jpg

A estrutura dinâmica da tabela:

  • Permite clicar no botão de configurações da tabela para adicionar ou remover colunas à tabela.
    Se você fizer alterações na tabela, certifique-se de clicar no botão Salvar depois. 
  • É por usuário, de modo que cada membro da equipe com acesso ao Protect360 possa personalizar a estrutura da sua própria tabela. Veja mais opções de tabelas.

iae_table_structure.jpg

Conteúdo da tabela de análise de fraudes de eventos in-app
Coluna da tabela Descrição
Agrupamentos
  • [Padrão] A tabela e o dashboard são agrupados por fonte de mídia.
  • Ao selecionar uma fonte de mídia específica, o agrupamento é feito automaticamente tanto por Fonte de mídia quanto por ID do site.
  • Agrupamentos opcionais incluem Campanha, Geolocalização, Canal, agência e suas combinações.
Eventos in-app Detalhes do título de IAEs fraudulentos bloqueados e pós-atribuição.
Total de IAE (A)
  • Total de IAE = IAEs regulares (não fraudulentos) + IAEs bloqueados + IAEs identificados como fraude pós-atribuição.
  • IAEs regulares estão disponíveis por fonte de mídia (não-orgânicas) no dashboard de Visão geral.
Total de IAEs fraudulentos (B)
  • Número total de IAEs bloqueados + IAEs identificados como fraude pós-atribuição.
  • Observação: IAEs orgânicas bloqueados não são mostrados no dashboard do Protect360. Para ver as IAEs orgânicas bloqueados, use os relatórios raw data.
  • [Padrão] A tabela é classificada em ordem decrescente usando este KPI.
% de eventos fraudulentos (B/A) IAEs fraudulentos/Total de IAEs
Bloqueios em tempo real de IAE falso

IAEs fraudulentos bloqueados em tempo real.

IAE falso IAE falso identificado como fraude e bloqueado em tempo real.
Instalações falsas

A instalação original foi identificada como fraude e bloqueada em tempo real.

Instalações falsas pós-atribuição

A instalação original foi identificada como fraude pós-atribuição, antes do IAE. 

Salvo de hijacking em tempo real IAEs com a instalação original que passaram por hijacking feito por uma fonte fraudulenta, que a AppsFlyer atribui corretamente à última fonte não fraudulenta.
Corrigida para orgânica Instalações que sofreram hijacking com a última fonte não fraudulenta sendo orgânica.
Corrigida para fonte não-orgânica Instalações que passaram por hijacking com a última fonte não fraudulenta sendo uma fonte de mídia não-orgânica.
Fraude de IAE pós-atribuição Eventos in-app identificados como fraude pós-atribuição.
Instalações falsas IAE ocorreu antes da instalação ser identificada como fraude pós-atribuição. 
Hijacking de instalações IAE ocorreu antes da instalação ser identificada como hijacked, e não pode ser corretamente atribuída após a atribuição.
Regras de validação IAEs bloqueados por cumprir com as condições das regras de validação.
Instalações bloqueadas IAEs de instalações bloqueadas por regras de validação.
IAE bloqueado IAEs bloqueados por regras de validação.
Corrigida para orgânica Instalações que sofreram hijacking com a última fonte não fraudulenta sendo orgânica.
Corrigida para fonte não-orgânica Instalações que passaram por hijacking com a última fonte não fraudulenta sendo uma fonte de mídia não-orgânica.

Opções adicionais de tabela

  • Clique em Exportar CSV para fazer o download da tabela para a área de trabalho no formato CSV
  • Clique no ícone de engrenagem para:
    • Alterar a ordem das colunas da tabela
    • Adicionar ou remover as colunas descritas acima

A quantidade de eventos mostrados é baseada em atividades, não em LTV; Ou seja, é o número exato de bloqueios de eventos durante o intervalo de datas especificado.

Eventos a pagar

Eventos a pagar são IAEs que têm um custo. Uma vez ativado e configurado, o dashboard de atividades in-app exibe apenas dados relacionados a eventos a pagar.

Para ativar eventos a pagar no dashboard de atividades in-app:

  • Na seção Filtrar por do dashboard de Atividades in-app, ative Eventos a pagar.

Para configurar eventos a pagar:

  1. No dashboard de Atividades in-app, clique em Configurar eventos a pagar.

    O pop-up Configurar eventos a pagar é exibido.

  2. [Opcional] Se você configurar um novo evento a pagar, clique em Adicionar novo.
  3. Com base nos IAEs a pagar que você deseja exibir no dashboard, selecione os seguintes itens nos menus suspensos:
    • Aplicativos
    • Eventos in-app
    • Fontes de mídia
    • Campanhas
  4. Insira o CPA do IAE. 
  5. Clique em Salvar.
  6. Clique em Fechar. 

Dashboard de Anomalias

O dashboard de Anomalias:

  • Oferece insights sobre fontes de mídia com valores suspeitos de Tempo de Clique de Instalação (CTIT), ou taxas de novos dispositivos, quando comparados a outras fontes de mídia.
  • Permite que você use os KPIs a nível de fonte de mídia para receber compensação das fontes de mídia e considerar se deve continuar trabalhando com elas ou não.
  • Precisa que você tenha tráfego de fontes nas quais a AppsFlyer confia para ter baixas taxas de fraude. Isto é necessário para criar uma linha de base para comparação entre outras fontes de mídia.

Aba CTIT

Anomalies_CTIT.png

Para visualizar as informações de CTIT  (os números se referem à captura de tela anterior) :

  1. Vá para Anomalias > CTIT.
  2. Selecione aplicativos para visualizar na página.
  3. Selecione quais países contribuem com os dados na página.
  4. Selecione o intervalo de datas dos dados na página.
  5. Ative a opção Excluir fraude pós-atribuição para ver somente as fraudes bloqueadas ou desative-a para visualizar os insights completos das fraudes.
  6. Selecione a linha de base da fonte de mídia com a qual você fará a comparação. O padrão App Baseline leva em consideração várias fontes nas quais a AppsFlyer confia e que contribuem com o seu tráfego.
  7. Selecione a resolução de tempo mostrada no gráfico: segundos, minutos, horas ou dias.
  8. Personalize as regras de validação para excluir instalações com CTIT ilógico.
    Nota: o recurso de regras de validação deve estar ativado para que sua conta faça isso.
  9. Para obter mais detalhes, passe o mouse sobre as barras de diferentes cores no gráfico, que indicam anomalias detectadas no CTIT.
  10. Clique para ver uma comparação visual do CTIT em diferentes fontes de mídia.
  11. Clique em Protect 360 para voltar à página Fraude identificada.

A tabela Discriminação de anomalias no CTIT , na parte inferior da página, exibe todas as fontes de mídia que possuem anomalias no CTIT. Use a tabela para ver os dados sobre o número e a porcentagem de instalações com valores de CTIT anormais. Com esta tabela, você também pode exportar para o formato CSV, adicionar ou remover colunas ou definir a ordem.

Aba de novos dispositivos

anomalies_new_devices

A aba Novos dispositivos permite que você detecte visualmente as fontes de mídia e os IDs do site que possuem taxas anormalmente altas de novos dispositivos instalando o seu aplicativo. 

As fontes coloridas em cinza estão abaixo do Limite da proporção de novos dispositivos. Para as fontes de cor amarela, quanto mais forte a cor, maior a proporção  de novos dispositivos.

A área ocupada por uma fonte de mídia representa o número total de instalações, incluindo fraudes bloqueadas e de pós-atribuição. 

Para visualizar novos insights do dispositivo (os números se referem à captura de tela anterior):

  1. Vá para Anomalias > Novos dispositivos.
  2. Selecione aplicativos para visualizar na página.
  3. Selecione quais países contribuem com os dados na página.
  4. Selecione o intervalo de datas dos dados na página.
  5. Defina o Limite da taxa de novos dispositivos, acima do qual você considera as fontes de mídia suspeitas, coloridas em amarelo.
  6. Para ver mais detalhes sobre uma fonte de mídia, clique nela.
    Clique no link Todas as fontes de mídia para voltar à exibição de todas as fontes de mídia.
  7. Clique no link Instalações para voltar à aba Instalações.
  8. Você pode exportar a tabela de Análise da fraude identificada, que contém os dados dos novos dispositivos.
Este artigo foi útil?