Discrepâncias no Anúncios do Facebook

Visão geral: saiba mais sobre as diferenças dos modelos de atribuição do Facebook Ads e da AppsFlyer.

Discrepâncias entre o Facebook Ads e a AppsFlyer

Como quaisquer dois participantes importantes do ecossistema de aquisição de usuários móveis, a AppsFlyer e o Facebook diferem em seus modelos de atribuição. Isso pode causar discrepâncias entre os painéis do Facebook e da AppsFlyer.

Enquanto trabalhamos de perto com o Facebook para minimizar essas discrepâncias, os anunciantes devem estar cientes das causas descritas abaixo para essas discrepâncias.

Detectar uma discrepância entre a AppsFlyer e o Facebook

Compare eventos listados no Gerenciador de eventos do Facebook com aqueles nos relatórios da AppsFlyer. Se o número de eventos variar significativamente, pode haver uma discrepância.

Diferenças em modelos de atribuição

Causa Facebook AppsFlyer

Janela de lookback de atribuição de cliques

7 dias (Observe que existem alguns casos específicos nos quais o padrão é diferente).

1 a 30 dias. Certifique-se de definir 7 dias com o Facebook.

Janela retroativa de atribuição por visualização

1 dia (Observe que existem alguns casos específicos nos quais o padrão é diferente).

1 dia por padrão, mas pode ser configurada para 1–48 horas (manter este valor padrão)

Atribuição de fonte
multi-canal

Facebook autoatribui instalações independentemente de outras fontes de mídia.

A AppsFlyer usa a atribuição de último clique (veja mais informações sobre a atribuição da AppsFlyer aqui).

Atribuição entre dispositivos

O Facebook atribui seus usuários que clicam e instalam em diferentes dispositivos, por exemplo, iOS/Android/desktop.

A AppsFlyer atribui dispositivos únicos, que executam tanto o engajamento quanto a instalação

Fusos horários diferentes

O fuso horário padrão dos relatórios do Facebook Ads é PST. Certifique-se de alterá-lo no Facebook Ads Manager para corresponder ao fuso horário do aplicativo definido nas configurações do aplicativo na AppsFlyer.

O fuso horário padrão do aplicativo da AppsFlyer é UTC + 0. Você pode alterar o fuso horário definido para o aplicativo napágina configurações do aplicativo para corresponder ao fuso horário definido no Facebook Ads Manager.

Referenciador da instalação do Google

Quando uma instalação sem um ID de anunciante é atribuída ao Facebook Ads usando o Google Play install referrer, a AppsFlyer não a relata de volta ao Facebook Ads. Isto causa uma discrepância, já que o dado será exibido na AppsFlyer e não no Facebook Ads.  

Atribuição de reengajamento de deeplink

Um reengajamento com deep link não é relatado de volta ao Facebook Ads. Isto causará uma discrepância, já que será exibido na AppsFlyer e não no Facebook Ads.

Atribuição de cliques e de exibição

A AppsFlyer é compatível com a atribuição de cliques e de exibição. Para minimizar discrepâncias entre o Facebook Ads e a AppsFlyer, certifique-se de que tanto as janelas de lookback de clique quanto as de exibição sejam consistentes com as configurações padrão definidas pelo Facebook Ads.

A janela de lookback de cliques padrão do Facebook Ads é definida como 7 dias. Embora existam alguns casos específicos em que o padrão é diferente, recomendamos que você configure a janela de lookback de cliques na AppsFlyer para 7 dias para cobrir todas as opções padrão do Facebook Ads. 

Para comparar as janelas de atribuição de cliques e de exibição no Facebook com as da AppsFlyer, acesse o Facebook. Recomendamos configurar as janelas de atribuição na AppsFlyer de acordo com os valores do Facebook, conforme mostrado na captura de tela a seguir:

Facebook_Discrepancies.png

 Exemplo

Vamos supor que a janela de lookback de cliques do Facebook esteja configurada na AppsFlyer para 1 dia para seu aplicativo com.greatapp, enquanto no Facebook o valor padrão é de 7 dias. Usuários que clicam no anúncio do greatapp no Facebook, mas inicializam o aplicativo pela primeira vez após 2 a 7 dias, são atribuídos como usuários orgânicos na AppsFlyer, enquanto o Facebook autorrelata esses usuários.

Discrepâncias de mídia restritas

Até 28 de outubro de 2021, os dados de atribuição de usuários trazidos por meio da atribuição de visualização (VTA) eram restritos e não estão disponíveis para anunciantes.A partir de 29 de outubro de 2021, as restrições se aplicam aos usuários trazidos por meio da atribuição de visualização e clique. Relatórios agregados não foram afetados por isso.

Como o Facebook Ads não envia dados no nível do usuário, a AppsFlyer pode não atribuir impressões e cliques que auxiliam na conversão aos anúncios do Facebook.

 Exemplo

  • Um usuário vê ou clica em um anúncio do AwesomeApp no Facebook. Depois, ele visualiza, clica em um anúncio GreatAdNetwork para AwesomeApp e o instala.
  • O Facebook Ads reivindica a conversão pois ela ocorreu dentro da sua janela de lookback.
  • A AppsFlyer atribui a conversão ao GreatAdNetwork, pois foi lá que houve o último engajamento antes da instalação.
  • A AppsFlyer não considerará o Facebook Ads como uma rede de assistência à conversão, já que os dados brutos do Facebook Ads são restritos.


No entanto, para atribuição de cliques, se o anúncio direcionar os usuários para a Google Play Store, os campos de atribuição estarão disponíveis para os anunciantes no Google Install Referrer. Os campos fornecidos pelo referenciador preenchem os relatórios de dados brutos da AppsFlyer disponíveis para você e permitem que a AppsFlyer atribua usuários que não têm um ID de anúncios (habilitado para LATs).

Diferenças nos eventos in-app

As diferenças entre plataformas também podem estar presentes em eventos pós-instalação (por exemplo, compras in-app), que são exibidos no Facebook e na AppsFlyer. A tabela a seguir descreve os motivos mais comuns para essas diferenças e aconselha como minimizá-las:  

Causa Descrição Dica da AppsFlyer

Autoatribuição

O Facebook sempre atribui eventos às próprias campanhas que os impulsionaram, enquanto a AppsFlyer atribui esses eventos à fonte de aquisição.

Instalações e eventos, que o Facebook autoatribui de forma incorreta, são indicados como assistências (assists) na AppsFlyer.
Combine dados brutos de conversões atribuídas pelo Facebook com dados brutos nos quais o Facebook é o colaborador.

Definição de tempo de vida diferente A vida útil de um usuário no Facebook é definida em até 7 dias, o que significa que o Facebook não mostra eventos se eles ocorreram mais de 7 dias após o clique no anúncio.
Na AppsFlyer, a vida útil de um usuário do Facebook é definida como até 180 dias.
Ao avaliar o valor dos usuários das campanhas do Facebook que ocorreram há mais de 7 dias, use dados da AppsFlyer para obter uma visão mais ampla.
Eventos não mapeados A AppsFlyer obtém eventos originados do SDK, mas eles não são mapeados para o Facebook e, portanto, não são enviados. Certifique-se de mapear com o Facebook todos os eventos in-app que indicam a qualidade dos usuários.
Receita não enviada A AppsFlyer obtém a receita dos eventos originários do SDK, mas eles não são enviados para o Facebook.  Certifique-se de que as caixas Enviar Receita dos eventos in-app estejam sempre marcadas. Por exemplo, no caso do evento de compra na captura de tela abaixo.
Valores de eventos ausentes no Facebook A AppsFlyer envia parâmetros e valores para o Facebook como parte do mapeamento de eventos, se eles tiverem as estruturas corretas.  Crie seu evento in-app do SDK de acordo com as estruturas recomendadas da AppsFlyer para mapear totalmente os valores de eventos com o Facebook.

Instalações de campanhas de reengajamento em meu painel da UA?

Uma campanha de reengajamento pode fazer com que os usuários abram um aplicativo já instalado (reengajamento). Como alternativa, quando a AppsFlyer reconhece que houve uma instalação anterior do aplicativo no mesmo dispositivo, a AppsFlyer pode se referir a essa conversão como uma reatribuição.

Se, em uma campanha de reengajamento, o Facebook atingir novos usuários ou usuários que instalaram o aplicativo pela primeira vez após maisdo que a janela de reatribuição definida após a instalação original, esses usuários são registrados como novas instalações de aquisição na AppsFlyer, que pertencem a campanhas de reengajamento no Facebook.

Por outro lado, instalações que acontecem dentro da janela de reatribuição definida depois da instalação original são consideradas como reatribuições e aparecem na página de retargeting da AppsFlyer, enquanto podem aparecer como novas instalações pelo Facebook.

 Nota

Enquanto o Facebook mostra todas as instalações de uma campanha de redirecionamento no mesmo lugar, no painel da AppsFlyer, as instalações são divididas entre a página Visão geral (novas instalações) e a página de Retargeting (reatribuição e reengajamentos).

Atribuição entre dispositivos

O Facebook relata atribuição entre dispositivos. Às vezes, isso pode causar problemas em que uma campanha para uma plataforma (iOS/Android) mostra instalações em outra plataforma.

 Exemplo

Linda clica em um anúncio móvel do GreatApp no Facebook com seu celular Android. O Facebook registra o clique que Linda realizou na campanha original direcionada do Android chamada "Mulheres do Android".  Linda decide instalar o GreatApp em seu iPad. Na primeira inicialização, a AppsFlyer pergunta ao Facebook a origem desta instalação no iOS, e o Facebook responde que é a campanha "Mulheres do Android".

Regras de validação e Protect360

Se você usar as Regras de validação da AppsFlyer, os resultados podem diferir entre a AppsFlyer e o Facebook quando instalações originadas do Facebook forem negadas. Nesses casos, o Facebook autorrelata as instalações, enquanto a AppsFlyer recusa essas instalações. 

Da mesma forma, se você usar a solução antifraude da AppsFlyer, o Protect360, é possível que haja instalações que o Facebook auto-reporta e a AppsFlyer nega.

 Exemplo

Jeff, gerente de UA do GreatApp, cria uma campanha chamada SPNA, que tem como público-alvo somente falantes de espanhol na América do Norte. Como verificação, Jeff define uma regra de validação que aceita somente usuários do Canadá e dos EUA.
Quando um usuário do Facebook da Espanha realiza um clique e uma instalação, o Facebook informa automaticamente a instalação, enquanto o AppsFlyer rejeita a instalação que não passa pela regra da validação.

Discrepâncias relacionadas ao SDK

Pode haver várias ocasiões em que os anunciantes implementam os SDKs da AppsFlyer e do Anúncios do Facebook. Isso pode causar discrepâncias tanto para instalações quanto para eventos in-app:

  • Instalações: nos casos em que o SDK do Anúncios do Facebook é inicializado na inicialização do aplicativo, antes do SDK da AppsFlyer, a instalação é registrada apenas pelo Anúncios do Facebook e não pela AppsFlyer. Verifique se o SDK da AppsFlyer foi inicializado na inicialização do aplicativo, antes do SDK do Anúncios do Facebook.
  • Eventos in-app: o Anúncios do Facebook não elimina a duplicação de eventos in-app que são relatados de ambos os SDKs. Isso significa que o Anúncios do Facebook pode relatar falsamente a receita e outros eventos.
    Use um dos seguintes métodos para evitar a duplicação de relatórios de eventos in-app no Anúncios do Facebook:

 

 

Este artigo foi útil?